“João Galinha” morre em Juazeiro 12 horas após ser baleado com sete tiros

“João Galinha” morava na Rua Pio Norões no bairro João Cabral (Foto: Reprodução/Google)

O crime aconteceu às 15 horas desta terça-feira e a vítima faleceu cerca de 12 horas após os disparos de arma de fogo.

O ex-presidiário João Bosco Simão de Souza, de 54 anos, o “João Galinha” que residia na Rua Pio Norões (João Cabral) em Juazeiro do Norte, morreu por volta das três horas da madrugada desta quarta-feira num dos leitos do Hospital Regional do Cariri. Ele não resistiu a gravidade dos ferimentos com sete disparos de arma de fogo às 15 horas de ontem e faleceu cerca de 12 horas após.

O mesmo ainda foi submetido a uma cirurgia no HRC e o corpo deu entrada para ser necropsiado na Perícia Forense de Juazeiro no final da manhã de hoje. O crime aconteceu na via em que morava perto do cruzamento com a Rua das Flores, sendo socorrido em estado grave direto para o centro cirúrgico. João Galinha tinha várias passagens pela polícia, principalmente por crimes de furtos e tráfico de drogas.

Este foi o primeiro homicídio do mês de setembro em toda a região do Cariri e o 65º do ano em Juazeiro ou 47,5% em relação aos 137 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha acontecido na noite de sexta-feira quando José Lázaro de Andrade Silva, de 19 anos, que residia na Rua São Miguel, foi morto a tiros na Rua Santa Tereza perto do cruzamento com a Domingos Sávio no bairro Pio XII por homens que se aproximaram num carro de cor branca.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !