Homem morto com seis tiros no Cariri após ter sua casa invadida em Nova Olinda

“Paulão” teve a casa invadida e foi morto a tiros em Nova Olinda (Foto: Reprodução/redes sociais)

A vítima ainda foi socorrida às pressas ao hospital local e houve tentativa de reanimação, mas foi em vão.

Perto de completar três semanas em relação ao último homicídio, uma pessoa foi assassinada a tiros em Nova Olinda na região do Cariri. Por volta das 21 horas desta quinta-feira Paulo Pereira da Silva, de 45 anos, o “Paulão”, que residia na Rua Joana Pereira (Bairro Pissarreira), teve sua casa invadida por dois homens que ali chegaram numa moto. Um deles sacou uma arma de fogo e efetuou seis disparos, sendo dois na cabeça e quatro no tórax.

A vítima ainda foi socorrida às pressas ao hospital local e houve tentativa de reanimação, mas foi em vão. Paulão respondia por crime de receptação e, em novembro de 2018, foi testemunha de um furto que teve como acusado Francisco Heleno Neco, de 28 anos, o qual foi liberado após pagar fiança. Segundo a polícia, o mesmo era suspeito de envolvimento com drogas e os PMs do destacamento de Nova Olinda diligenciaram sem o êxito de encontrar os acusados.

Este foi o décimo homicídio deste ano em Nova Olinda ou 49% a mais que os sete registrados no decorrer do ano passado. O último tinha acontecido no dia 14 de agosto quando o empresário Antonio Wilon Miguel da Silva, de 40 anos, o “William das Pedras”, que residia no Sítio Pedra Branca em Nova Olinda, foi morto num suposto crime de pistolagem. Ele saia de uma churrascaria na Avenida Perimetral Sul quando homens se aproximaram num carro e um dos ocupantes já desceu atirando.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !