Filhotes de gatos-mourisco são retirados de habitat no Ceará após 'resgates inadequados'; especialista critica a prática

Especialista alerta que não é recomendável retirar os filhos da zona rural, no Ceará. — Foto: Reprodução

O chefe do ICMBIO Araripe, Carlos Augusto de Alencar, explica que quando o animal é avistado em zona rural, ele não precisa ser resgatado.

Filhotes da espécie gato-mourisco estão sendo 'resgatados' de maneira inadequada no sertão do Ceará, especialmente na região do Cariri. Os casos acontecem porque os animais são avistados na zona rural, e as pessoas acreditam que eles precisam de ajuda. Contudo, o chefe do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) Araripe, Carlos Augusto de Alencar, explica que não há essa necessidade.

Carlos explica que, corriqueiramente, o instituto tem recebido animais acidentados, machucados ou resgatados. A maioria vem de municípios como Crato ou Crateús, ambos na região Cariri.

“O problema todo está nas circunstâncias em que esses animais, esses filhotes, foram resgatados por populares nas áreas rurais, ou seja, nas áreas de ocorrência do próprio animal”, explica Carlos Augusto.

https://f5cariri.tumblr.com/post/661331712238813184/filhotes-de-gatos-mourisco-s%C3%A3o-retirados-de

"O que a gente vem percebendo neste afã de cuidar dos bichos, de ter esse cuidado com os animais, as pessoas resgatam filhotes quando as mães estão próximas, correndo o risco de atacar ou mesmo ela recuar", complementa o chefe do ICMBio Araripe.

Condições vulneráveis

Carlos explica que as únicas condições onde os filhotes devem ser resgatados são quando há feridas perceptíveis ou quando há confirmação da morte do felino adulto. Em outros casos, a melhor opção é apenas fotografar o animal e informar o local onde foi avistado, e não retirá-lo do habitat.

“Até mesmo a alimentação desses animais é específica, tem um leite específico, não pode ser misturado com outro tipo. Então, vai trazer mais malefícios do que benefícios para esse tipo de animal, tratando de filhote”, complementa o especialista.

Por Samuel Pinusa, G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !