Acusado de matar vendedor de carros é condenado 18 anos de reclusão em Icó

Erasmo Barbosa da Silva foi assassinado a tiros na manhã de 13 de setembro de 2017 (Foto: Reprodução/Richard Lopes)

O acusado foi condenado a 14 anos e 3 meses pela prática de homicídio e a 4 anos por roubo, totalizando 18 anos e 3 meses de reclusão

O Tribunal Popular do Júri de Icó condenou na última terça-feira (28), em sessão no auditório do Centro Universitário Vale do Salgado (UniVS), Evair Almeida da Costa a 18 anos e 3 meses de reclusão pela morte do vendedor de carros Erasmo Barbosa da Silva, de 34 anos, assassinado a tiros na manhã de 13 de setembro de 2017.

No dia do crime, Erasmo estava dentro de seu carro quando foi morto a tiros por Evair Almeida, que fugiu em uma motocicleta Honda CG 125 KS. Na fuga, o acusado caiu ao passar por uma lombada e tomou uma motocicleta Honda Biz de assalto, conseguindo fugir.

A motocicleta CG 125 usada por Evair para matar o vendedor de carros Erasmo tinha sido furtada no dia 11 de setembro de 2017, na cidade vizinha de Iguatu. Câmeras de videomonitoramento da cidade auxiliaram a Polícia na elucidação do crime, praticado por motivo fútil.

No julgamento da última terça-feira (28), Evair foi condenado a 14 anos e 3 meses pela prática de homicídio e a 4 anos pelo roubo da motocicleta, totalizando 18 anos e 3 meses de reclusão. Ele já está preso há quase 4 anos. Os trabalhos foram presididos pelo juiz Francisco Ireilton Bezerra Freire. O Ministério Público do Ceará (MPCE) foi representado pelo promotor Daniel Formiga Porto. A defesa do réu foi patrocinada pelos advogados José Ferreira Abreu Neto e Felipe Pinheiro Maciel.

Reportagem de Richard Lopes/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !