30 mil cestas básicas serão distribuídas a 60 municípios do Ceará a partir da próxima semana

Legenda: Famílias em situação de vulnerabilidade social nos municípios serão assistidas. - Foto: Ariel Gomes

Iniciativa da Assembleia Legislativa com o Governo do Estado pretende promover segurança alimentar

Na próxima semana, 60 municípios do Ceará com menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) começam a receber as 30 mil cestas básicas adquiridas pela Assembleia Legislativa do Ceará. A ação é realizada em parceria com o programa Mais Nutrição do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS).

As famílias que serão assistidas pela ação estão em situação de vulnerabilidade social, fazem parte do Cadastro Único e são beneficiárias do Cartão Mais Infância Ceará e do Bolsa Família, com renda per capita inferior a R$ 89,34.

A distribuição das cestas ficará a cargos das prefeituras. A aquisição dos insumos foi possibilitada a partir do projeto de lei Nº 17.506 criado pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, aprovado de modo unânime pelos parlamentares da Casa e sancionado pelo governador Camilo Santana no último dia 19, no Diário Oficial do Estado.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira (3), em transmissão virtual ao vivo, pelas redes sociais, com a presença da primeira-dama do Ceará, Onélia Santana; do presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão; da secretária da Proteção Social, Socorro França; e do secretário-executivo da Proteção Social, Francisco Ibiapina.

Legenda: Parceria entre a Assembleia Legislativa e o Governo do Estado possibilitou ação. - Foto: Ariel Gomes

Segundo o deputado Evandro Leitão, a situação ocasionada pela Covid-19 foi crucial para o agravamento de diversas questões pelo País, seja de ordem sanitária ou econômica, especialmente com relação ao desemprego e à fome.

Tivemos diversas perdas, com mais de 580 mil vidas perdidas, projetos interrompidos... Além dessas perdas, também sofremos com problemas de ordem socioeconômica. Muitas pessoas perderam seu posto de trabalho. Quando você perde sua renda, deixa de honrar com compromissos básicos, incluindo a questão da alimentação”

Evandro Leitão

Presidente da Assembleia Legislativa

De acordo com a primeira-dama Onélia Santana, a parceria foi firmada para garantir a segurança alimentar neste cenário. “A determinação do governador Camilo Santana é atender todas as pessoas que estão em situação de extrema vulnerabilidade social. Com a oferta dessas cestas, vamos atender quem mais precisa em nosso Estado”.

Além disso, Onélia pontua ainda que o programa Mais Nutrição tem como foco chegar aos 184 municípios cearenses. “Até o momento, já distribuímos quase 1,5 milhão de toneladas de alimentos”, disse ela.

MUNICÍPIOS BENEFICIADOS

Acaraú, Acopiara, Aiuaba, Alcântaras, Altaneira, Alto Santo, Antonina do Norte, Ararendá, Araripe, Assaré, Barro, Barroquinha, Boa Viagem, Caridade, Cariré, Caririaçu, Cariús, Carnaubal, Chaval, Choró, Croatá, General Sampaio, Graça, Granja, Granjeiro, Hidrolândia, Ibaretama, Ipaporanga, Ipueiras, Itatira, Jucás, Martinópole, Miraíma, Mombaça, Moraújo, Morrinhos, Ocara, Parambu, Paramoti, Pedra Branca, Pereiro, Piquet Carneiro, Pires Ferreira, Poranga, Potengi, Potiretama, Quiterianópolis, Quixelô, Reriutaba, Saboeiro, Salitre, Santana do Acaraú, Senador Sá, Tamboril, Tarrafas, Tejuçuoca, Umari, Umirim, Uruoca e Viçosa do Ceará.

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !