PM da PB abre concurso para oficiais com salário de mais de R$ 7.7 mil


Foto: Reprodução/PMPB

Vagas são para homens e mulheres com até 32 anos de idade. O salário inicial previsto em edital específico é de R$ 3.124,23 durante o primeiro ano de formação.

O Governo do Estado da Paraíba divulgou edital do concurso público para sua Polícia Militar. Serão oferecidas 30 vagas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO). 25 vagas para homens e outras 5 para mulheres.

Para participar do certame, é necessário ter formação em nível superior dentro de qualquer área do conhecimento. Também é pré-requisito ter altura mínima de 1,65, para homens, e 1,60, para mulheres. Os candidatos devem ter no máximo 32 anos completos até o dia 31 de dezembro de 2022.

O salário inicial previsto em edital específico é de R$ 3.124,23 durante o primeiro ano de formação. Nesse momento, os candidatos recebem a patente de cadetes. Anualmente, o salário sofre reajustes, até chegar na quantia de R$ 7.791,20.

O candidato passa pelas seguintes patentes:

  • 1 – Cadete Policial Militar;
  • 2 – Aspirante a Oficial Policial Militar; e
  • 3 – 2º Tenente Policial Militar.

Dessa forma, por meio do concurso, o candidato já se tornará uma oficial da PM da Paraíba.

Todo o curso de formação se dará no Centro de Educação da Polícia Militar da Paraíba. O nome oficial é Academia de Polícia Militar do Cabo Branco, em João Pessoa.

Ao todo, o curso terá duração de 3 anos e exige dedicação de tempo integral e exclusiva.

As inscrições estarão disponíveis exclusivamente pela internet até o dia 30 de agosto. Para se inscrever, basta acessar o site da banca organizadora (Fundação Getúlio Vargas – FGV): https://portal.fgv.br/.

O concurso público conta com prova objetiva, prova de aptidão física, avaliação médica, psicológica e análise social. É necessário se atentar para todos os itens presentes no edital, divulgado também no site da FGV.

Função do 2ª Tenente:

“Promover a Segurança Pública e a Defesa Social através de ações e operações policiais militares, coordenando, controlando e monitorando os resultados alcançados, com atribuições de comandar pelotão, coordenar policiamento ostensivo, reservado e velado, assessorar o comando, gerenciar recursos humanos e logísticos, participar do planejamento de ações e operações, desenvolver processos e procedimentos administrativos militares, atuar na coordenação da comunicação social, promover estudos técnicos e de capacitação profissional, proteger e preservar a vida dos cidadãos e garantir o pleno exercício dos seus direitos, dentre outras especificadas em normas.”

Foto: Agência Brasília

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !