Nº 1 de facção criminosa de Caucaia agora está em presídio de segurança máxima recém-inaugurado

Legenda: O homem foi preso no Estado do Piauí, no ano passado - Foto: Divulgação/Polícia Civil

Cilas, conhecido como 'Mago', assumiu a liderança da facção após o tio da namorada ser preso

Da função de matador, passando a exercer liderança de uma facção criminosa em um município da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e agora encarcerado no presídio de segurança máxima recém-inaugurado no Ceará. Em poucos anos, Francisco Cilas de Moura Araújo, conhecido como 'Mago', ocupou a função mais desejada dentre os criminosos e agora vive em um dos cenários mais temidos por aqueles que "escolhem ingressar neste mundo".

Há duas semanas, Cilas foi transferido para a nova unidade prisional do Governo do Estado. O equipamento é hipervigiado por policiais penais com auxílio de equipamentos tecnológicos. São 203 câmeras com visão noturna, drones e body scan, uma espécie de Raio-X que faz inspeção corporal e identifica possíveis objetos escondidos em roupas ou até em partes íntimas, por exemplo.

A escolha do 'Mago' para ocupar uma das 168 vagas na unidade, que teve custo de construção aproximado de R$ 33 milhões, não aconteceu por acaso. Cilas já esteve na lista dos mais procurados do Ceará. Informações que fizessem a Polícia chegar até ele valiam R$ 10 mil em troca. 

No dia 8 de julho de 2020, o homem foi encontrado em Teresina, Piauí. Com ele estava Michelly Sayomara Sampaio Rocha, sua companheira e peça fundamental para que Cilas fosse o 'Número 1' da facção de origem carioca, em Caucaia.

Legenda: A Polícia apreendeu um anel templário com sigla representando as iniciais 'Mago'

A captura ocorreu em um apartamento e em virtude de quatro mandados de prisão expedidos em desfavor de Cilas. Crimes como tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e homicídio qualificado compõem a ficha criminal do preso, agora réu na Justiça do Ceará.

ASCENSÃO

De acordo com investigação da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Francisco Cilas de Moura Araújo iniciou sua empreitada criminosa na companhia do infrator Antônio Gerlando Sampaio Viana, o 'Toin das Armas', que antes de ser preso era líder da facção carioca, em Caucaia.

"Cilas era apenas um dos matadores mas começou a se relacionar amorosamente com Michelly Sayomara Sampaio Rocha, sobrinha de Toin. Tal fato aproximou os criminosos. Após transferência de Toin para presídio federal, Cilas assumiu a chefia da organização"

Na facção, abaixo do 'Mago' estavam Alban Darlan Batista Guerra e Heldervan Barbosa do Nascimento, o 'Pança'. Darlan foi morto em confronto com policiais do Rio de Janeiro dias após a prisão de Cilas. Já 'Pança', desde 2020, foi capturado mais de uma vez por PMs no Ceará.

Heldervan chegou a ser preso e solto, por decisão do Judiciário. Em menos de 24 horas rompeu a tornozeleira eletrônica e ficou mais de 40 dias na condição de foragido. Na tarde dessa segunda-feira (16), militares o capturaram novamente em Caucaia, em posse de uma arma de fogo. 

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !