Polícia Civil prende em flagrante suspeito de matar a faca atendente de telemarketing em Crato

Kauã Rodrigues da Silva, de 19 anos confessou a polícia ter matado o atendente de telemarketing Carlos Henrique Alves de Oliveira, de 28 anos de idade, na casa da vítima durante uma bebedeira. Foto: Redes sociais

Carlos Henrique Alves de Oliveira, de 28 anos morreu ao ser atingido por golpe único de faca no pescoço. Crime ocorreu na manhã desta quinta-feira (8), na residência dele no Conjunto Vitória Nossa, Bairro Novo Crato durante uma bebedeira.

Numa ação rápida, policiais civis do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Regional de Crato-CE, prenderam em flagrante delito, pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil, o jovem Kauã Rodrigues da Silva, de 19 anos que vitimou o atendente de telemarketing Carlos Henrique Alves de Oliveira, de 28 anos de idade morto à faca.

O homicídio aconteceu por volta das 04h50min desta quinta-feira (8), na residência da vítima, na Rua Expedito Luna Machado, imediações do colégio Liceu de Artes no Conjunto Vitória Nossa, Bairro Novo Crato, em Crato. Após tomar conhecimento da ação criminosa, Inspetores do NHPP diligenciaram e conseguiram chegar à autoria, bem como às circunstâncias.

Carlos Henrique Alves de Oliveira , de 28 anos assassinado a faca em Crato na manhã desta quinta-feira (8). Foto Redes sociais

Após várias diligências de busca, os agentes conseguiram prender Kauã Rodrigues. Ele estava escondido na casa de familiares, no centro da cidade e ao ser preso confessou o crime, não oferecendo resistência e se mostrou arrependido e ainda levou os policiais até o local em que havia escondido a faca utilizada no momento do crime, que foi recuperada.

SAIBA MAIS

Segundo as investigações, vítima, infrator e outros dois amigos estavam bebendo, quando Carlos Henrique tirou uma brincadeira de mau gosto e, por estar muito embriagado, o Kauã Rodrigues pegou a faca que estava em cima da mesa e deferiu um único golpe no pescoço da vítima, que faleceu no local.

Após o crime, Kauã Rodrigues evadiu-se, assim como as outras duas testemunhas, estas que posteriormente foram identificadas, devendo ser inquiridas em breve. Kauã Rodrigues após ser autuado em flagrante delito na 19ª DRPC pelo crime cometido, após os procedimentos legais foi recolhido à Cadeia Pública de Juazeiro do Norte-CE onde aguarda o pronunciamento da justiça.

Segundo informações da Polícia Civil, Kauã Rodrigues já respondeu, quando adolescente, por atos infracionais análogos aos crimes de posse ilegal de arma de fogo, roubo, tráfico de drogas e crime contra a administração pública.

Reportagem de Jota Lopes/Agência Cariri Ceará

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !