Com foco em micro e pequenas empresas, programa Brasil Mais abre inscrições para mentorias

A empresária Maria Helena Pinheiro, que dirige a Clínica de Beleza Helena Pinheiro, em Juazeiro do Norte, há mais de 20 anos, começou no projeto em abril e afirma que, desde então, a gestão do espaço passa por um processo de profissionalização. (Foto: MICHELINE MATOS)

Projeto tem dois eixos temáticos e busca oferecer serviços de transformação com baixo custo e alto impacto

Com a retomada gradual das atividades econômicas, o avanço da vacinação contra a Covid-19 e a baixa no número de internações pela doença, o mercado cearense começa, aos poucos, a recuperar o prejuízo causado pela pandemia. Pensando em maneiras de auxiliar nesses resultados, o Governo Federal criou o programa Brasil Mais, apoiado pelo Sebrae, para estimular soluções inovadoras e financeiramente lucrativas nas empresas.

Voltado para micro e pequenas empresas, o programa tem foco na transformação digital dos negócios e envolve as áreas de Finanças, Marketing e Vendas. Os serviços oferecidos são personalizados para cada negócio e têm como objetivo capacitar lideranças e colaboradores para um novo momento econômico, estimulando a competitividade e a produtividade das equipes - e tudo a partir de produtos e serviços de baixo custo, que não pesam no bolso do empreendedor e têm alto impacto no crescimento do negócio.

O projeto é dividido em dois eixos, intitulados "Melhores Práticas Produtivas" e "Melhores Práticas Gerenciais". Aderindo a ele, os líderes das empresas terão acompanhamento de um especialista do Sebrae/CE por quatro meses e poderão participar de encontros para compartilhar experiências e fazer networking com outros empreendedores, fortalecendo o ecossistema de negócios no Estado.

Interior ganha força para retomada

Apesar dos avanços em relação ao retorno das atividades em todo o Estado, a região do Cariri cearense tem tido dificuldade para retomar a uma certa normalidade devido ao alto índice de ocupação de leitos no sistema de saúde. Por isso, empresários locais têm investido em capacitação e buscado novas soluções para, aos poucos, recuperar o público habitual, manter as contas em dia e preservar empregos de seus colaboradores.

Foi com esse intuito que o médico Robério Motta, diretor técnico da Endoclinic do Cariri, resolveu aderir ao Brasil Mais. Com a chegada da Covid-19, muitos pacientes dos serviços de diagnóstico e tratamento de doenças do sistema digestivo deixaram de frequentar o espaço por medo da contaminação, o que prejudicou o caixa da clínica, que manteve todo o quadro de funcionários desde o início da pandemia e precisou lidar, também, com o aumento no preço dos insumos.

“Tudo aconteceu de uma forma muito dinâmica. Recebemos as informações sobre o projeto semanalmente, através do WhatsApp, e começamos a implantar as mudanças na primeira semana deste mês. Já revisamos nossas missões e valores, reorganizamos o setor de Recursos Humanos e vamos começar o programa de bonificação. Agora, já estamos pensando em contratar outro serviço, dessa vez na área de marketing e desenvolvimento de tecnologia, que é um sonho antigo nosso”, conta Robério.

O médico Robério Motta, diretor técnico da Endoclinic do Cariri, aderiu ao Brasil Mais: "Já revisamos nossas missões e valores, reorganizamos o setor de Recursos Humanos e vamos começar o programa de bonificação", conta. (Foto: WIHARLLEY RUBSON) (Foto: WIHARLLEY RUBSON)

Profissionalização e engajamento

Ainda no Cariri cearense, quem aderiu ao programa há mais tempo já começa a colher os frutos da capacitação. A empresária Maria Helena Pinheiro, que dirige a Clínica de Beleza Helena Pinheiro, em Juazeiro do Norte, há mais de 20 anos, começou no projeto em abril e afirma que, desde então, a gestão do espaço passa por um processo de profissionalização.

“O principal resultado foi a melhora no engajamento da equipe, porque, a partir da metodologia de prototipagem, houve um comprometimento maior. A equipe toda foi envolvida e, com isso, nós pudemos fazer melhorias”, ressalta. Após as modificações na rotina do time, houve aumento no ticket médio por cliente e nas vendas de produtos, e a esperança de dias melhores foi renovada.

“Decidi participar porque o Sebrae sempre foi um ajudador, sempre acompanhou as empresas da região, e a gente tem uma relação estreita com os serviços que ele presta. A minha experiência foi a melhor possível, e consegui alcançar minhas metas dentro das propostas da mentoria”, comemora.

Inscrições abertas

O programa recebe inscrições para novos mentorados até este sábado, 10 de julho, gratuitamente. Para participar, é preciso se encaixar nos critérios definidos pelo programa para micro e pequenas empresas, que podem ser conferidos no site oficial do projeto, hospedado no portal do Ministério da Economia (https://brasilmais.economia.gov.br/). As vagas são limitadas.

SERVIÇO

  • Programa Brasil Mais Sebrae
  • Inscrições: Até 10 de julho de 2021

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !