Vice-prefeito de Juazeiro do Norte sofre tentativa de assalto e tem carro baleado em Chorozinho

Legenda: Vice-prefeito Giovanni Sampaio relatou tentativa de assalto nas redes sociais - Foto: Reprodução

Giovanni Sampaio conta que teve que fugir de ré dos criminosos, na BR-116. Polícia Civil investiga o caso

O vice-prefeito de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio, sofreu uma tentativa de assalto e teve o carro baleado, na BR-116, em Chorozinho, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na tarde do último sábado (12). A Polícia Civil do Ceará (PCCE) disse que investiga o caso.

Giovanni contou à reportagem que vinha de Juazeiro do Norte para Fortaleza, quando passava por Chorozinho, por volta de 16h30, e viu vários carros parados. "Eu suponho que esses carros já estavam sendo assaltados. Quando eu me aproximei, veio um carro Fiat Palio azul e fechou a estrada", relata.

Saíram dois homens do carro, armados, de máscara, boné e blusa de manga comprida, e vieram em minha direção. Eu dei uma ré por 300 metros. Um deles atirou e ainda acertou o capô do meu carro. Depois da ré, dei meio 'cavalo de pau' e voltei na estrada com sentido a Russas. 

GIOVANNI SAMPAIO

Vice-prefeito de Juazeiro do Norte

O vice-prefeito procurou ajuda na base da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Chorozinho, mas não tinha nenhum policial. A PRF foi procurada para comentar o assunto, mas não respondeu. Depois de certo tempo, Giovanni voltou a dirigir com sentido a Fortaleza e, ao passar pelo local onde aconteceu a tentativa de assalto, não tinha mais ninguém.

Legenda: Um tiro acertou o capô do carro do vice-prefeito de Juazeiro do Norte  - Foto: Reprodução

POLÍCIA CIVIL DESTACA REGISTRO DO B.O.

Giovanni Sampaio deixou o contato para um funcionário que estava na base da PRF, mas ainda não registrou a ocorrência em uma delegacia da Polícia Civil. Mesmo sem o Boletim de Ocorrência (B.O.), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) informou, por nota, que a Polícia Civil tomou conhecimento do crime e já realiza investigação.

A SSPDS acrescentou que "equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) reforçaram o policiamento no local, assim que souberam dos acontecimentos". E aproveitou para destacar a importância do registro do B.O.

A Pasta ressalta a importância de a vítima registrar Boletim de Ocorrência (BO), que pode ser feito presencialmente em qualquer unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) ou por meio da Delegacia Eletrônica (Deletron), pelo site www.delegaciaeletronica.ce.gov.br/beo/, em qualquer horário do dia ou da noite. A Delegacia Eletrônica atende todo o Estado do Ceará.

SSPDS

Em nota

Segundo a Secretaria, a população em geral também pode colaborar com as investigações através do número 181, o Disque-Denúncia da Pasta; do (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia; e ainda do telefone (85) 3319-1237, da Delegacia Metropolitana de Chorozinho. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: Diário do Nordeste



Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !