Jovem empreendedor de Juazeirense monta negócio após participação no curso Juventude Empreendedora.

Mona Lisa Mazza - Foto

O Estado do Ceará contou com a participação de 785 jovens no Programa Juventude Empreendedora, realizado pelo Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), para capacitar jovens de 17 a 29 anos a abrirem seus próprios negócios. A Secretária do Esporte e Juventude (Sejuv) contou com o apoio dos gestores municipais de juventude, para realizarem as inscrições dos participantes. Os municípios fizeram a mobilizaçãoa para divulgação e atendimento para a realização das inscrições.

“Tivemos o braço dos municípios para alcançar mais jovens do nosso Estado na inscrição do curso. O alcance foi positivo e já temos frutos dessa capacitação”, disse o secretário do Esporte e Juventude, Rogério Pinheiro.

O “Juventude Empreendedora Online” teve como objetivo apoiar jovens para abrir um negócio e ter renda própria, e também os pequenos e microempreendedores que enfrentam dificuldades para manter o negócio com as portas abertas e lucrando, mesmo em meio à pandemia de Covid-19.

Foi o que aconteceu com o acadêmico de engenharia de matérias, Lucas Cléver, de 24 anos, residente em Juazeiro do Norte, que montou sua empresa de bebidas “Tião Delivery” em meio à pandemia e agarrou essa oportunidade. “Eu tinha um sonho de criança de abrir uma pequena empresa para que pudesse desse empreendimento construir a minha vida. Esse curso me ajudou bastante com vários nortes e coisas que eu não tinha noção de vendas em redes sociais. Ele me ajudou a dar o ponta pé inicial”, afirmou Cléver.

Para o diretor de Juventude do município de Juazeiro do Norte, Daniel Lucas Matias, o curso foi muito proveitoso. “Com a nossa divulgação do curso na cidade tivemos uma grande procura de inscrição. O curso foi muito proveitoso e levou oportunidade de aprender mais e desenvolver o empreendedorismo”, disse o diretor.

Mona Lisa Mazza - Foto

A jovem de Pacatuba, Thycielle Mota, de 25 anos, ficou sabendo do curso pelo município e fez a inscrição de mediato. “Eu já estava procurando uma qualificação e já tinha um projeto, mas não tinha ideia de como organizar. Foram cinco dias de curso. No início, tinha muitas dúvidas e, no final do curso, eu já tinha todo o plano de negócio da empresa, desde fluxo de caixa até a logomarca. Tive todo o apoio de como desenvolver o negócio. Meu projeto é uma loja de variedades e artigos de presentes. Mesmo após o término do curso, eu tiro as dúvidas e sou acompanhada. Só tenho a agradecer à prefeitura e ao Governo do Estado pela oportunidade única”, explicou a jovem.

“O curso mostrou aos nossos jovens uma nova realidade e possibilitou que eles executassem seus projetos”, disse o coordenador de Políticas Públicas para a Juventude de Pacatuba, Matheus Gomes.

Juventude Empreendedora

O Programa Juventude Empreendedora foi online e gratuito. A capacitação foi dividida em 11 etapas que abordaram finanças, comunicação online e offline, gestão de pessoas, entre outros. Esse projeto também contou com dicas, e guias práticos para auxiliar a sobreviver à crise e encontrar uma nova oportunidade de geração de renda em 2021.

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !