Fim de semana no Cariri com quatro homicídios e uma morte no trânsito

Ramon era homossexual e foi morto a facadas no bairro Cidade Universitária em Juazeiro (Reprodução)

Segundo levantamento feito pela editoria de polícia do Site Miséria, três mortes aconteceram na noite de sexta-feira e outras duas neste domingo.

Subiu de quatro para cinco o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram quatro homicídios e uma morte em consequência de acidente de trânsito com quatro corpos de Juazeiro do Norte e outro de Missão Velha. Segundo levantamento feito pela editoria de polícia do Site Miséria, três mortes aconteceram na noite de sexta-feira e outras duas neste domingo.

Por volta das 18 horas de sexta-feira foi encontrado num matagal, na Rua Dr. Mauro Sampaio perto do Centro de Zoonoses no bairro Planalto em Juazeiro, o corpo de Cosmo Silvestre da Silva, de 55 anos. Ele residia na Rua Sebastião Mariano (Bairro Tiradentes), trabalhava como servente de pedreiro e o cadáver apresentava marcas de violência como se tivesse sido morto a pedradas, principalmente na cabeça.

Duas horas após o cinegrafista Ramon da Silva Vieira, de 26 anos, que residia na Rua Monsenhor Lima (Bairro Salesianos) em Juazeiro foi morto a golpes de faca. O crime aconteceu na Rua Padre Antonio Almeida (Bairro Cidade Universitária), onde esteve uma ambulância do SAMU, cujos profissionais de saúde apenas constataram o óbito. A polícia descartou um caso de latrocínio porquanto a sua moto e pertences estavam próximos ao cadáver.

Às 22 horas, ainda de sexta-feira, morreu no Hospital Regional do Cariri Wanderson Ferreira da Silva, de 24 anos, que residia na Rua José Pereira (Bairro Bococó) em Iguatu e tinha várias passagens pela polícia. Às 15 horas daquele dia, foi lesionado com um tiro de espingarda calibre 12 perto da casa de sua mãe na Rua Otacílio Almeida (Campo Alegre) em Juazeiro e terminou socorrido ao HRC, mas não resistiu. Dentre suas prisões, por arrombamentos em Icó e Iguatu e furto em Barbalha.

Já às 14 horas deste domingo o entregador Leandro Silva Costa, de 28 anos, que residia na Travessa Noeme Jácome no centro de Missão Velha, foi morto a golpes de faca. Ele bebia num bar na Rua Francisco Januário Pereira perto de sua casa quando surgiu uma discussão com Antonio Cícero da Silva e seus dois filhos. Na hora em que Leandro ia sair na moto foi agarrado pelo pai com ajuda de um filho, enquanto outro o esfaqueou. A vítima andou um pouco na moto e caiu na Rua Valmir Esmeraldo Alves em frente ao Colégio Juvenal e Antonio terminou preso.

Cinco horas e meia depois, ainda no domingo, na estrada carroçável do Sítio Catolé na zona rural de Juazeiro, morreu o caixa João Ednaldo de Oliveira Santos, que completaria 23 anos nesta quinta-feira, dia 24, Ele seguia para casa na Vila São Gonçalo (Distrito de Marrocos) pilotando sua moto quando bateu num carro e morreu no local, segundo a constatação de profissionais de saúde do SAMU. Foi a terceira morte no trânsito em Juazeiro neste mês de junho e a 20ª do ano no município.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !