Fim de semana no Cariri com dois homicídios, mortes no trânsito e afogamento

Rabecão recolhendo um dos corpos de vítima de morte violenta em Crato (Reprodução)

Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, quatro mortes ocorreram no sábado e outra neste domingo.

Caiu de sete para cinco o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram dois homicídios, duas mortes em consequência de acidentes de trânsito e um caso de afogamento com corpos de Penaforte, Várzea Alegre, Crato, Mauriti e Porteiras. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, quatro mortes ocorreram no sábado e outra neste domingo.

Por volta das 03h30min de sábado Dermival Vidal dos Santos, de 60 anos, foi morto a tiros na calçada de sua casa na Rua Francisco Pereira Rocha (Bairro Padre Cícero) em Penaforte. O mesmo ainda foi socorrido ao hospital local, porém não resistiu. Ele respondia procedimento por violência doméstica contra Francisca Agostinha Galvão Alves e, em janeiro de 2015 tentou matar Expedito Medeiros da Silva, cujo procedimento indiciou, também, Uirander Nogueira de Amaral.

Às 16 horas foi encontrado o corpo do a aposentado Luiz Leopoldo de Lima, de 87 anos, no açude do Sítio Charneca em Várzea Alegre. Ele tinha saído no começo da tarde para tomar banho quando estranharam a demora no retorno e um vizinho viu as roupas de “Seu Luiz” às margens do açude. O mesmo integrava grupo de penitentes da área e era bastante querido por todos Segundo uma neta dele, era de costume o avô tomar banho nesse reservatório perto de sua residência.

Já às 19h30min Francisco de Assis dos Santos, de 34 anos, o “Jackson” que residia na Rua São Benedito (Bairro Seminário), foi morto a facadas na Rua Padre Lemos perto da Praça Dona Ceicinha naquele bairro. O crime foi praticado por Francisco Natanael Dantas Lima, de 33 anos, preso momentos após por equipes do RAIO. O acusado já responde violação de domicílio, duas tentativas de homicídios, assalto, duas violências domésticas e já foi vítima de atentado à bala.

Meia horas depois, ainda no sábado, na CE-384 na saída de Mauriti em direção à BR-116, uma caminhonete L200 Triton de cor prata abalroou uma moto Honda CG 125 Fan de cor preta arrastando a mesma por alguns metros. No local do acidente morreu o agricultor Damião da Silva Lacerda, de 31 anos, que residia no Sítio Pitombeiras em Mauriti. O motorista fugiu abandonando o carro no local, cujo veículo, segundo a polícia, está licenciado em nome de Caio José Morais Fernandes.

Por volta das 19 horas deste domingo morreu num dos leitos do Hospital Santo Antonio de Barbalha o agricultor Cícero Firmino dos Santos, de 46 anos, que residia no Sítio Vassourinhas na zona rural de Porteiras. No último dia 31 de maio ele se envolveu num acidente com sua motocicleta e terminou socorrido ao hospital local de onde foi transferido em virtude da constatação de traumatismo craniano. Entretanto, Cícero Firmino não resistiu à gravidade e faleceu seis dias depois.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !