Cadeirante ameaça matar a mãe em Juazeiro e jovem agride sua genitora em Campos Sales

O cadeirante Cícero de Oliveira foi preso e levado à DDM de Juazeiro (Reprodução)

A polícia de Juazeiro foi acionada em virtude de uma ocorrência de embriaguez e desordens onde prendeu o cadeirante.

Mais dois casos de violência doméstica foram registrados de ontem para hoje na região do Cariri mais precisamente nos municípios de Juazeiro do Norte e Campos Sales, além da tentativa de feminicídio contra uma mulher em Nova Olinda. Por volta das 17 horas desta quinta-feira a polícia de Juazeiro foi acionada em virtude de uma ocorrência de embriaguez e desordens na Rua Ivanir Feitosa (Tiradentes), onde prendeu o cadeirante Cicero de Oliveira, de 41 anos.

Ele ameaçava matar sua tia/mãe, Expedita Oliveira da Silva, de 71 anos, já que foi ela quem o criou desde recém-nascido pelo fato de a mãe biológica não ter condições de cuidar do mesmo. Além das ameaças, praticou crimes de ofensa, danos materiais e gestos obsceno no contexto da Lei Maria da Penha. Cícero ainda desacatou os PMs e foi conduzido à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) pela Patrulha do Policiamento Ostensivo Geral (POG) com o Sargento Cláudio, o Cabo Pinheiro e o Soldado Sena.

OUTRO – Já por volta das quatro horas da madrugada desta sexta-feira a polícia de Campos Sales soube que Cícero Welton Alencar, de 19 anos, tinha agredido sua própria mãe Antonia Lucia Alencar da Silva, de 35 anos, e quebrado móveis em casa na Rua Monteiro Lobato (Bairro Barragem) naquele município. Uma patrulha da PM com o Sargento Vidal, o Cabo J. Paulo e os Soldados Sobreira e Palácio foi ao local, mas o acusado já tinha fugido por um matagal próximo.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !