Profissionais de Enfermagem e Psicologia unem-se e realizam ato de reivindicação em Juazeiro do Norte

Foto: Divulgação

Ato ocorreu na manhã desta quarta-feira (12). Passeata saiu da Praça do Giradouro rumo à sede da Prefeitura Municipal.

Na manhã desta quarta-feira (12) mais de 100 profissionais das áreas de Psicologia e Enfermagem, incluindo técnicos e auxiliares, realizaram passeata saindo da Praça do Giradouro rumo à sede da Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, centro da cidade, para reivindicar o ajuste ao turno de trabalho já estabelecido via Lei Municipal. O prefeito Glêdson Bezerra (Podemos) havia promulgado três decretos que suspendiam as determinações legais, alegando inconstitucionalidade.

Durante Sessão Extraordinária da Câmara Municipal de Vereadores, na última terça-feira (11), foi aprovado por 18 votos a 0, um novo decreto legislativo que anula os efeitos dos referidos decretos do prefeito Glêdson Bezerra, números 638/2021, 639/2021 e 641/2021, que suspendem a eficácia das Leis Municipais Complementares n° 132 e 134, de 2020, e da Lei Municipal n° 5139/2021, que estabelecem a jornada de trabalho de 30 horas para os Profissionais de Enfermagem e Psicólogos, além do Adicional de Periculosidade para os Vigias.

Na sede da Prefeitura, no final desta manhã, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juazeiro do Norte (Sisemjun), Marcelo Alves, reuniu-se com o Secretário Municipal de Administração, Tarso Magno, e com o Procurador Geral do Município, Walberton Carneiro, para levar as reivindicações das categorias no ato representadas.

De acordo com Marcelo, foi proposto um acordo à administração municipal, propondo carga horária de 30h de trabalho semanais, divididas em turnos de 6 ou 8 horas, para profissionais de Enfermagem de unidades hospitalares; 32 horas de trabalho semanais para profissionais de Enfermagem de Unidades Básicas de Atendimento (UBS), divididas em turnos de 8 horas diárias de trabalho, de segunda a quinta-feira; e carga horária semanal de 30h semanais para profissionais da área da Psicologia. Nada ficou decidido oficialmente.

Reportagem de Alan Clyverton/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !