Menina de 3 anos morre eletrocutada no Cariri ao tocar um ferro de solda

Pâmela Nicole Alves Vieira morreu após sofrer um choque elétrico dentro de casa em Várzea Alegre, no Ceará. — Foto: Arquivo pessoal

Ela brincava na sala quando entrou em contato com o equipamento conectado à tomada e sofreu a descarga elétrica.

Exatamente dois meses depois e mais um caso de morte em consequência de descarga elétrica foi registrado na região do Cariri. Por volta das 16 horas deste sábado a criança Pâmela Nicole Vieira, de 3 anos e sete meses, morreu após ser eletrocutada. Ela residia na Rua Carlos Gomes de Alencar (Bairro Dona Rosinha) em Várzea Alegre, onde tocou num ferro de solda conectado à tomada e sofreu a descarga elétrica.

A menina foi socorrida às pressas pela mãe Ana Paula Vieira ao Hospital São Raimundo Nonato, mas já chegou sem vida. A mesma brincava na sala quando entrou em contato com o equipamento de trabalho do seu padrasto que estava fazendo um serviço e não se encontrava no local. Pâmela estudava na Creche Antônio Celeste daquele bairro que, ainda ontem, por sua direção, emitiu nota de pesar.

A última morte em consequência de descarga elétrica no Cariri tinha acontecido no dia 9 de março quando eletricitários da Enel Distribuidora averiguavam as causas da interrupção no fornecimento de energia elétrica na área do Sítio Umbuzeiro em Mauriti e se depararam com o corpo do agricultor Daniel Pereira de Sousa, de 46 anos que ali residia. Ele tinha erguido um cano de metal do projeto de irrigação que bateu na fiação elétrica quando sofreu a descarga e morreu na roça de sua propriedade.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !