Fim de semana no Cariri com três homicídios e uma morte no trânsito

“Pepê” e “Cris” foram mortos a tiros no Crato (Reprodução/Redes sociais)

Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, uma morte aconteceu na noite de sexta-feira, outra no sábado e duas neste domingo.

Subiu de três para quatro o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram três homicídios e uma morte em consequência de acidente de trânsito com dois corpos de Crato e as demais de Juazeiro do Norte e Campos Sales. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, uma morte aconteceu na noite de sexta-feira, outra no sábado e duas neste domingo.

Por volta das 22 horas de sexta-feira o jovem Airton Soares Vieira, de 26 anos, o “Pepê” que residia na Rua Barbalha (Bairro Seminário), em Crato foi morto a tiros perto de sua casa. Ele respondia quatro procedimentos por crimes de violência doméstica contra diferentes mulheres e o assassinato foi praticado por dois menores os quais terminaram apreendidos por policiais militares perto do local em que tudo aconteceu.

Já às 11 horas de sábado foi encontrado o corpo de um homem só identificado na manhã de domingo como sendo de Pedro Cruz Aprígio, de 47 anos. O mesmo não tinha residência definida e foi executado a golpes de faca. O cadáver estava na Rua Agricultor Damião Quirino da Silva (Frei Damião) em Juazeiro e a vítima não tinha passagens pela polícia com o caso envolto em mistério. Foi o primeiro homicídio do mês de maio em todo o Cariri e o 28º do ano em Juazeiro.

As 13 horas deste domingo Cristiano Pereira Dimas, de 34 anos, o “Cris” que residia na Rua São José (Independência) em Crato, estava numa churrascaria na Avenida Thomaz Osterne (Vila Alta) quando foi lesionado a tiros e morreu no Hospital São Camilo. Ele respondia por homicídios, portes de armas de fogo, assalto e tráfico de drogas em Crato, Farias Brito, Juazeiro, Santana do Cariri e Nova Olinda. Nesta última cidade tentou fugir da cadeia e, em Crato, promoveu motim no cárcere.

Cerca de 7 horas depois, ainda no domingo na CE-292 no Centro de Campos Sales, o ciclista Francisco Antonio de Sousa, de 69 anos, que residia no Sítio Poço de Pedras naquele município, foi atropelado por um carro e morreu. O veículo Fiat Argo de cor branca foi localizado oito quarteirões após o Posto da Petrobras onde o acidente aconteceu e o motorista Antonio Márcio Gonçalves Siebra, de 42 anos, que mora no centro de Campos Sales, foi trazido para autuação na Delegacia de Crato.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !