Em Mauriti, três partidos investigados por fraude em candidaturas femininas

Foto: Reprodução

Pros, PDT e DEM, são investigados pelo Ministério Público Eleitoral, que já ajuizou ações contra os partidos.

Os partidos de Mauriti parecem se especializado em fraudar a cota de gênero nas eleições. Do último pleito, três siglas são investigadas por apresentar candidatas femininas fantasmas. Pros, PDT e DEM, são investigados pelo Ministério Público Eleitoral e o promotor Leonardo Marinho, já ajuizou ações contra os partidos, mas não houve tempo hábil para os julgamentos.

Em Mauriti não tem promotores e juízes titulares, o que dificulta os trabalhos. Apesar das dificuldades, o promotor garante que as fiscalizações em torno das candidaturas fictícias continuam e os partidos serão responsabilizados. Apenas o Pros se manifestou; disse que a candidata desistiu nos últimos dias e não houve tempo para substituir.

No Ceará foram 16 ações por fraude à cota de gênero, em 12 Câmaras. Outros casos são investigados em Santana do Cariri. *Com informações do Blog do Jornalista Madson Vagner


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !