Contrato de aluguel da chácara onde aconteceu a 'festa do beijo' em Juazeiro tinha cláusula que previa respeito a decretos

Foto: Reprodução

A Polícia Civil continua ouvindo os participantes. Uma das jovens que participou da festa reconheceu que errou e que a atitude dela foi "desrespeitosa".

O contrato de aluguel da chácara onde aconteceu a "festa do beijo" em Juazeiro do Norte previa o cumprimento de medidas do decreto estadual em combate à Covid-19. A festa foi promovida para celebrar o aniversário de uma pessoa e aconteceu no bairro Aeroporto na última sexta-feira (21).

A TV Verdes Mares Cariri apurou que a maioria dos participantes da festa são estudantes de medicina. A Polícia Civil investiga o evento e já intimou 20 pessoas.

Cláusula lembra a necessidade de obediência ao decreto do Governo do Estado — Foto: Reprodução

O documento assinado pelo organizador da festa e o dono da chácara diz que “cabe ao locatário à responsabilidade pela segurança e cumprimento de decretos relacionados a pandemia da Covid-19, bem como o controle do volume de som, a fim de não incomodar o sossego alheio”.

A festa do beijo ganhou repercussão depois que os convidados postaram diversos vídeos nas redes sociais e um deles mostrava uma jovem sendo beijada por pelo menos 13 diferentes colegas, sem máscara ou distanciamento. Em outro vídeo, um colega diz: "Agora eu vou passar o celular para o cara que vai ser preso". Segundo a polícia, ele se referia ao aniversariante.

Arrependida

Nesta terça-feira (25), a jovem reconheceu que errou e que a atitude dela foi "desrespeitosa".

“Reconheço que errei, pois, nesse momento, muitos familiares sofrem por seus entes queridos que perderam a vida ou lutam até mesmo por um leito de UTI. Quero pedir perdão publicamente a toda população por minha atitude desrespeitosa, estou muito arrependida”, disse.

A jovem ainda recomendou para que as pessoas não cometam erros iguais e que obedeçam aos protocolos de segurança sanitários para conter o avanço da doença. “Quero também pedir as pessoas que não cometam erros similares, pois, somente seguindo os protocolos de segurança venceremos esse vírus”, afirmou.

'Vovó é comerciante'

Em outra gravação postada depois da festa, a mesma garota afirma que não se preocupa com a divulgação das imagens e fala "que se der algum problema, tem a vovó que é juíza e pode resolver qualquer problema". Sobre a declaração, a jovem também esclareceu dizendo que tudo se tratava de uma brincadeira que sua parente é uma comerciante.

Por Fabiano Rodrigues e Gioras Xerez, G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !