Transplante Capilar: procedimento inovador e de rápida recuperação chega ao Cariri

Foto: Reprodução/Shutterstock

O transplante capilar era um procedimento ainda distante para muitos, mas agora já pode ser encontrado na região do Cariri e promete resultados impressionantes. Uma das mais promissoras técnicas cirúrgicas pode ser a solução para aqueles que sofrem com calvície ou perda capilar. Diversos famosos e personalidades buscaram essa cirurgia estética para obter um resultado super natural. Para entender como funciona e quem realiza este procedimento, buscamos um especialista no assunto, que explica técnicas e esclarece dúvidas para aqueles que buscam uma solução para esse problema.

O Portal Badalo entrevistou o cirurgião plástico Dr. Bruno Sena, que, de forma inédita, trouxe o método ao Cariri. Dr Bruno é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), com residência em cirurgia geral no Hospital das Clínicas de Pernambuco e residência em cirurgia plástica no Hospital Federal da Lagoa , no Rio de Janeiro. Também possui especialização em cirurgia crânio -facial na Universidade de São Paulo (USP) e cirurgia de implante capilar. Atualmente, faz parte do corpo docente da Faculdade de Medicina Estácio de Sá, em Juazeiro do Norte.

Segundo ele, trazer o procedimento a região é a realização de um sonho. “Trazer o transplante capilar para o Cariri era um sonho antigo que, nos últimos anos, tornou-se realidade. Minha meta sempre foi trazer para nosso Cariri, o que existe de mais moderno na área, assim, os candidatos ao transplante capilar não precisariam mais viajar para realizar o procedimento. Fazer a cirurgia perto de casa e logo voltar para seu conforto é algo apaixonante”, conta Dr. Bruno.

Existem algumas técnicas de transplante capilar, porém o princípio é o mesmo. O procedimento consiste em retirar folículos capilares de lugares em que o fio é mais forte no próprio paciente, ou seja, onde não possui predisposição a calvície. A partir disso, esses folículos são transferidos para regiões que você deseja fazer o preenchimento. Com equipe treinada e qualificada para este tipo de cirurgia, o cirurgião conta que existem cuidados essenciais no procedimento, principalmente para a técnica FUE (Follicular Unit Extraction), que consiste em retirada fio a fio do cabelo para depois ser implantado, também, um a um.

“Trouxemos para a região o equipamento mais moderno do mundo para extração das unidades foliculares, o Trivellini Mamba. Para implantação, utilizamos os Implanters (tipo umas canetinhas) que diminuem o trauma na unidade folicular permitindo uma maior integração e densidade nas áreas tratadas. Dessa forma, não há cicatriz linear, ou seja, não há cortes, permitindo uma recuperação extremamente rápida, indolor e com um resultado natural”, completa.

Outras técnicas

De acordo com o médico, o tratamento clínico anda em conjunto com o tratamento cirúrgico e cada caso deve ser individualizado. De uma maneira geral, não existe limite de idade para realizar o transplante capilar e, também, pode ser realizado em mulheres com tendência a graus variados de calvície.

“Em casos de calvície mais avançada e quando a área doadora não consegue nos ofertar a quantidade de folículos necessária, podemos lançar mão até mesmo dos pêlos da barba e do tronco. O resultado é surpreendente! O procedimento é feito em ambiente hospitalar, sob sedação. O paciente fica confortável durante toda a cirurgia e recebe alta no mesmo dia. Não existe a necessidade de dormir no hospital. No primeiro dia, ele retorna para realizar o primeiro curativo e receber as orientações sobre os cuidados nos próximos dias, quanto à manipulação e lavagem da cabeça.”, afirma Dr. Bruno Sena.

Ele ressalta ainda que essa rápida recuperação possibilita que candidatos à restauração capilar de outros municípios e estados possam vir fazer o transplante em Juazeiro do Norte.

O retorno à vida normal é muito mais rápido, já que mesmo com a complexidade do procedimento, o paciente não precisa viajar à alguma capital para realizá-lo. “ Para o recomeço em ambientes como escritório, o paciente já está apto no dia seguinte ao procedimento”, completa.

Pós-cirúrgico

O resultado final da restauração capilar, segundo o cirurgião, é atingido em torno de um ano após o procedimento. Em torno de 6 meses, já se obtém 60% do resultado.

Atividades físicas de baixa intensidade podem ser realizadas uma semana após a cirurgia. Para os esportes de contato, como artes marciais, é necessário um afastamento maior que 30 dias.

Para aqueles que gostam de usar boné, pode ser liberado desde a segunda semana e, capacete, em cerca de duas semanas.“Obviamente, o retorno das atividades é gradual e de acordo com a recuperação de cada paciente.”

“Os fios transplantados não irão sofrer o mesmo processo de queda que ocasionou a calvície porque eles são retirados de uma área resistente a queda. Isso garante um resultado duradouro e natural”, conclui Dr. Bruno Sena.

Serviço

Dr. Bruno Sena – Cirurgião Plástico

@drbrunosena

(88) 9 8138-6789

www.drbrunosena.com.br

Reportagem de George Wilson/Portal Badalo

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !