Sargento agredido com capacete em Juazeiro ao dispersar aglomeração numa chácara

PM tem se desdobrado ações de festas clandestinas em Juazeiro e na região do Cariri (Divulgação)

Os policiais foram até a chácara onde estimaram cerca de 100 pessoas no imóvel e a maioria sem máscara.

Uma averiguação de som e abusivo e aglomeração em Juazeiro do Norte, resultou em confusão no momento em que os policiais militares foram ao local dar cumprimento ao decreto estadual de combate à Covid-19. O fato aconteceu por volta das 16h30min deste domingo e o Sargento Aires, que comandava uma das viaturas do Policiamento Ostensivo Geral (POG), terminou atingido com uma capacetada na cabeça.

A Coordenadoria Integrada de Operações e Segurança (Ciops) tinha recebido denúncias anônimas apontando a desobediência ao decreto do governo do estado numa festa com som alto causando perturbação ao sossego público. Os policiais foram até a chácara mencionada na Rua Alexandrina Cordeiro e Silva (Bairro José Geraldo da Cruz), onde estimaram cerca de 100 pessoas no imóvel e a maioria sem máscara.

Foi solicitado o apoio em virtude da aglomeração imensa, passando a dispersar as pessoas e ficando no local os responsáveis pela festa no caso José Vieira N. Bezerra, de 50, residente no bairro Franciscanos, que alugou a chácara para o evento, sua esposa de 44, uma filha, de 22, e o cunhado dele, de 35 anos. Segundo a polícia, quase todos os participantes demonstravam que tinham ingerido bastante bebidas alcoólicas.

Ao concluíram a dispersão, os PMs decidiram apreender a caixa de som para fazer parte do procedimento na 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil no crime por perturbação ao sossego público. Foi quando o promotor da festa em desacordo com as normas sanitárias, passou a discutir com o Sargento Aires o qual explicava sobre o decreto e José Vieira teria resistido em entrar na viatura para ir à DRPC.

Nesse interim, surgiu um tumulto e o Sargento PM terminou atingindo por um capacete na cabeça, vindo a cortar sua boca. Houve a necessidade do uso da força por parte da tropa no sentido de conter os ânimos mais exaltados já que alguns teriam partido para cima dos policiais com o objetivo de retirar o promotor do evento da viatura. Novas patrulhas da PM chegaram ao local e a situação foi controlada, terminando na delegacia.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !