Região do Cariri recebe 32.178 tíquetes do Vale Gás Social

Nívea Uchoa - Ascom Casa Civil - Fotos

Famílias em situação de vulnerabilidade social da região do Cariri já começaram a receber os Vales Gás Social, distribuídos pelo Governo do Ceará, em mais uma ação para minimizar os efeitos sociais e econômicos da pandemia. A região recebeu, neste primeiro lote, 16.805 tíquetes do Vale Gás Social. Nesta quinta, o município do Crato iniciou a distribuição para a população de 1.426 famílias.

“Deus abençoe e dê saúde a todos!”. Foi assim que, agradecida, Ana Maria se despediu da equipe. “Estou muito feliz em receber essa ajuda do Governo, porque estou sem condições nenhuma de comprar. Sustentar uma família grande e com crianças só com muita ajuda mesmo! Só tenho a agradecer por tudo”, destacou ela, na manhã desta quinta, no CRAS Seminário.

Os tíquetes foram entregues pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) aos prefeitos e secretários de Assistência Social dos 184 municípios cearenses, na primeira semana de abril, e agora chegam às mãos de quem mais necessita. Ao todo, a região receberá 32.178 vales.

“A velocidade com que os Vales-Gás Social estão sendo distribuídos, e entregues na ponta, às pessoas que mais precisam, nos deixa muito felizes. Esse empenho de todos nos revela a assertividade dessa medida, adotada pelo governador Camilo Santana que não vem medindo esforços para ajudar as populações mais necessitadas, nesse momento de pandemia”, afirma a titular da SPS, Socorro França. Ela informa que, no início de maio, mais 125.263 tíquetes serão distribuídos em todo o Estado, totalizando 255.577 vales.

Euzilene foi uma das beneficiárias do vale gás social, e fala sobre essa ajuda em meio à crise. “Comprar gás hoje virou artigo de luxo. Com o aumento dos preços, temos que escolher entre comprar um alimento ou outro. Esse vale chegou em uma boa hora, vai ajudar muito na economia de casa”.

Segmentos beneficiados

O Vale Gás se destina às famílias beneficiárias do Cartão Mais Infância Ceará; inseridas no Cadastro Único (CadÚnico) e atendidas pelo Programa Bolsa Família, com renda individual igual ou inferior a R$ 89,34, além dos jovens inseridos no Programa Superação. O auxílio foi sancionado pelo governador Camilo Santana, em 23 de março, em mais uma ação para minimizar os efeitos da pandemia do coronavírus. A medida é uma parceria do governo do Ceará com a empresa Nacional Gás, que vendeu os botijões a preço de custo para o Estado.

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !