Polícia Civil elucida homicídios e prende envolvidos em Icó

Prisão dos acusados de homicídios em Icó (Richard Lopes)

Policiais Civis da delegacia regional de Icó, cumpriram no início da tarde de terça-feira (13), dois mandados de prisão expedidos pela 1ª vara da comarca local, contra dois suspeitos de homicídios na cidade. Foram presos, Alan Pereira Julião, 19 anos, o Taboca e Ernando Rafael Lopes da Silva, o Duquinha. Eles são acusados da morte de Georgiane Maria Alves de Oliveira, de 35 anos, natural de São João do Jaguaribe.

Georgiane foi morta a tiros na porta de casa, na noite do dia 25 de março, no Alto da Cooperativa. Segundo o delegado Glauber Ferreira, quanto a Alan Julião, consta pedido de representação preventiva, pois as investigações apontaram que ele, em companhia de um menor de idade, foram os matadores do ajudante de pedreiro Luciano Ferreira de Souza, 33 anos, na noite do dia 2 de abril. Luciano foi executado a tiros na porta de casa, também no Alto da Cooperativa.

Taboca e Duquinha já estão na cadeia de Icó a disposição da justiça. As investigações continuam visando identificar os supostos mandantes. O delegado Glauber Ferreira, revelou que as mortes teriam sido em decorrência de briga de facção pelo tráfico de drogas. Qualquer denúncia, pode ser encaminhada para o WhatsApp, (88) 99703-4575, que o sigilo e anonimato são garantidos. As informações são do correspondente Richard Lopes/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !