Duas garotas de Juazeiro e um jovem presos por estelionato em Salitre e Campos Sales

Emanoel, Regilania e Paloma residem em Juazeiro do Norte (Reprodução)

Militares do destacamento de Salitre souberam que as garotas estavam na agência do Bradesco tentando aplicar golpes junto a clientes e efetuaram a prisão.

Duas mulheres e um homem foram presos por volta das 07h30min desta terça-feira sob acusação de crimes de estelionato. Militares do destacamento de Salitre souberam que as garotas estavam na agência do Bradesco tentando aplicar golpes junto a clientes daquele banco. Regilania Domingos da Silva, de 38, e Paloma Kristiã Ferreira Gomes, de 34 anos, residentes em Juazeiro do Norte, se ofereciam para prestar ajuda a idosos na hora de sacar seus benefícios previdenciários.

Quando aceitavam, elas trocavam os cartões das vítimas de forma habilidosa. Após tomarem conhecimento do fato uma patrulha da PM de Salitre com o Sargento Gomes e os Soldados Charles, Alielton e Lopes passaram a diligenciar à procura da dupla e mais o comparsa Emanoel Ventura da Silva, de 23 anos. Já com o apoio de viaturas da Companhia de Campos Sales com o Subtenente Nobre, os Sargentos B Silva e Vieira, o Cabo J. Paulo e os Soldados Vanderlei e Palácio localizaram o trio.

Com o trio os policiais militares apreenderam uma maquineta para cartão de crédito, dinheiro e vários cartões (Divulgação)

Eles viajavam num veículo HB20 de cor branca e placas PGM-3531 quando foram interceptados na CE-187 a uma distância média de 5 Km pra o centro de Campos Sales. Ainda tentaram se desfazer de objetos atirando-os num matagal às margens da rodovia estadual no caso uma maquineta para cartão de crédito e mais 27 cartões de diversas agências. Além desse material, os PMs apreenderam R$ 1.471,00 em dinheiro, três celulares e comprovantes de saques.

Acusados e vítimas foram parar na Delegacia de Polícia Civil de Campos Sales. Desde 2013 Regilania já responde por estelionato em Jardim junto com Rosemberg Francisco Ferreira Alves Soares. Outro em fevereiro de 2014 em Caririaçu. Já no dia 6 de março de 2019 foi testemunha do assassinato de Arturzinho Alves de Medeiros, de 29 anos, que residia no bairro Frei Damião em Juazeiro. Ele era usuário de drogas e foi morto a tiros e facadas na Rua Luiz de Freitas Roque naquele bairro.

image host

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !